Sinpol-TO apresenta relatório final da auditória externa referente às últimas três gestões entre os anos de 2011 e 2020

23/09/2021 23/09/2021 14:15 221 visualizações

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (SINPOL-TO) informa aos seus filiados alguns dos resultados obtidos após a auditoria externa realizada pelo Auditor Claudinir Goes Junior, referente às últimas três gestões que estiveram à frente do Sindicato entre os anos de 2011 e parcial até 2020.

Dentre as irregularidades apontadas pela auditoria, temos a seguinte situação:

- Em relação ao registro do Sindicato perante a Receita Federal, que antes estava com o código 399-9 – Associação Privava, o registro foi devidamente alterado passando a constar o código 313-1 – Entidade Sindical;

- Quanto ao alvará de funcionamento e localização, a situação ainda não foi regularizada junto à Prefeitura Municipal;

- No que diz respeito à notificação extrajudicial feita ao Sr. Ubiratan Rebello do Nascimento, o mesmo entregou ao Sindicato as devidas explicações cobradas na notificação, em 20/09/2021, estando essa situação totalmente superada;

- Quanto à notificação extrajudicial feita ao Sr. Moisemar Alves Marinho, até o momento nada foi apresentado pelo notificado;

- No que se refere à restrição junto aos sistemas de proteção ao crédito (SPC e SERASA), oriunda de dívida contratual com a empresa Vivo Telefônica, contraída em 17/01/2019 referente ao Contrato 0214135478 no valor de R$ 36.524,43, que atualizada estava R$ 48.124,86 e após negociações com a referida empresa, a restrição foi devidamente retirada.

E mantendo toda e qualquer transparência, o Sindicato disponibiliza em anexo o relatório final da auditoria e os documentos apresentados ao Sindicato