SINPOL-TO realiza Assembleia para tratar da Lei 2851/14

11/07/2018 12/07/2018 13:54 834 visualizações

Policiais Civis de várias cidades do Estado participaram na manhã desta quarta-feira, 11, da Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins - SINPOL-TO.

As pautas giraram em torno da Lei 2851/14, a qual teve julgamento desfavorável na Ação Civil Pública impetrada pelo Governo do Estado ainda em 2016.

Ubiratan Rebello, presidente do SINPOL - TO, fala sobre a Assembleia. "A intenção foi apresentar aos policiais qual o panorama atual da ACP, as perspectivas e ações que serão tomadas pela equipe jurídica do SINPOL para reverter a decisão desfavorável de 1ª Instância, e o papel do diálogo entre o sindicato e o Governo do Estado".

A Assembléia teve a presença do Presidente do SINDEPOL, Mozart Felix, que em sua fala afirmou que o esforço conjunto dos presidentes do SINPOL e SINDEPOL, e das assessorias jurídicas das entidades classistas buscam a efetivação de um direito que já esta sendo postergado a quase 4 anos.

O Presidente Ubiratan Rebello, finalizou dizendo que acredita na Constitucionalidade da Lei 2851/14 e que nos próximos dias o recurso será protocolado no Tribunal de Justiça.

Ao final houve o sorteio de uma bolsa integral para o curso de Pós Graduação em Pericia Criminal patrocínio do IPOG, o policial Antônio Waneton Pinheiro Sousa foi o feliz ganhador.