ADIANTAMENTO DOS PASSIVOS - Presidente do SINPOL se reúne com Secretário-Chefe da Casa Civil e questiona situação

31/08/2022 26/09/2022 14:41 538 visualizações

A presidente do SINPOL-TO, Suzi Francisca, participou, nesta terça-feira (30), de reunião com o secretário-chefe da Casa Civil, Deocleciano Gomes. Na ocasião, Suzi questionou sobre a situação dos bancos conveniados para promover o adiantamento dos passivos aos servidores.

Apesar desta negociação não estar sob o controle do SINPOL, Suzi esclarece que tem como prioridade de sua gestão a solução do impasse do adiantamento dos passivos aos policiais, assim como impedir que os servidores sejam colocados como fiadores solidários, evitando que os mesmos sejam responsabilizados em caso de inadimplência do Governo.

Isso tem se mostrado em todas as tratativas do Sindicato com o Governo do Estado e em suas reuniões na Secretaria da Administração (Secad). Conforme aponta a representante dos filiados, a falta de informações concretas tem gerado desconforto a toda a classe.

Nós estamos esperando pacientemente a resolução dessas questões burocráticas, mas a falta de informações tem deixado todos os servidores desconfiados em relação ao andamento dessa situação”, explicou a presidente.

Segundo secretário-chefe da Casa Civil, A SITUAÇÃO TEM SE ESTENDIDO MAIS DEVIDO AOS ESTÁGIOS DE NEGOCIAÇÕES DO ESTADO COM OS BANCOS, JÁ QUE O GOVERNO TEM INSISTIDO PARA QUE AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS MANTENHAM AS TAXAS DE JUROS O MAIS BAIXO POSSÍVEL E, EVITEM ASSIM, COBRANÇAS ABUSIVAS AOS SERVIDORES.

“Obviamente, nós somos favoráveis a toda e qualquer ação que mantenha as taxas de juros baixas, mas sentimos que a comunicação com os servidores poderia ser realizada de forma mais clara e direta. Esperamos que essa situação seja resolvida da forma mais benéfica para todos os Policiais e continuaremos acompanhando cada detalhe desse processo", finalizou Suzi Francisca.