URGENTE: GOVERNADOR ASSINA DECRETO QUE ANTECIPA OS RETROATIVOS AOS SERVIDORES; DECRETO QUE IMPLEMENTA DATA-BASE PARA QUE NÃO TEM PARIDADE DEVE SER PUBLICADO AINDA HOJE

01/07/2022 28/07/2022 09:36 615 visualizações

O Decreto que normatiza a antecipação dos passivos devidos pelo Estado foi assinado, manhã desta sexta-feira (01), pelo Governador Wanderlei Barbosa. Com isso, os servidores poderão realizar o adiantamento dos retroativos junto às Instituições Financeiras, no formato de cessão de crédito.

Essa tem sido uma das prioridades da presidente Suzi Francisca em sua agenda de reivindicações junto ao Estado. Foram diversas reuniões realizadas com membros do Governo nas últimas semanas, onde a presidente insistentemente cobrou a publicação do Decreto.

Na última terça-feira (28), o colegiado de entidades sindicais protocolou um documento que cobrava agilidade do Estado na publicação desse decreto. Representando o SINPOL e os Policiais Civis do Tocantins, a presidente Suzi Francisca assinou o oficio.

Com a assinatura do Decreto, o foco do SINPOL agora é examinar o que está disposto no documento e garantir que os policiais civis não serão prejudicados.

“Essa é uma vitória, certamente, mas o trabalho do Sindicato ainda não terminou. Precisamos analisar e garantir que o que está no Decreto não irá prejudicar nenhum policial civil. Não podemos deixar que nenhum servidor se torne refém das Instituições Financeira, caso o Estado atrase os repasses”, garantiu a presidente.

Em conversa com o gerente do Banco do Brasil, a presidente Suzi Francisca foi informada de que o adiantamento poderá ser feito de forma parcial ou total. O servidor poderá optar pela forma que achar melhor e que, dependendo da escolha, então será definido o percentual de juros que será embutido.

DATA-BASE

Em visita recente ao IGEPREV, a presidente Suzi Francisca cobrou a implementação dos 6% da Data-Base dos policiais civis e pensionistas que não tem paridade. O presidente do IGEPREV, Sharlles Fernando Bezerra Lima, garantiu à Suzi Francisca que essa implementação seria realizada por meio de Medida Provisória.

Durante o evento de assinatura do Decreto, a presidente Suzi Francisca conversou com Sharlles Fernando, que adiantou que essa Medida Provisória será publicada ainda nesta sexta-feira (01), com data retroativa ao mês de Janeiro.