Representantes da Polícia Civil apresentam contraproposta com novos termos para reforma da previdência da categoria

Os presidentes dos sindicatos foram recebidos na manhã desta segunda-feira (1º) no Palácio Araguaia pelo Secretário Chefe da Casa Civil
01/06/2020 01/06/2020 22:08 328 visualizações

Os presidentes das entidades da Polícia Civil do Tocantins apresentaram ao Secretário Chefe da Casa Civil, uma contraproposta referente aos termos divulgados sobre a reforma da previdência da categoria, no último dia 25 de maio.O encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira (1º) no Palácio Araguaia, após os membros das entidades representativas deliberarem sobre os principais pontos da proposta.

Durante a reunião os presidentes do sindicato discutiram com o Secretário Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal, sobre as demandas da categoria para uma possível mudança no projeto original. Na ocasião o secretário afirmou que os termos serão apresentados ao governador do estado e que um novo encontro será realizado na próxima semana para um parecer final. “Nós acreditamos que o governador Mauro Carlesse pensa na Polícia Civil, pensa na segurança pública e que tem um respeito por nós. Também acreditamos que ele não vai tomar nenhuma decisão que venha a prejudicar a Polícia Civil do estado do Tocantins” disse a presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins (Sinpol-TO), Suzi Francisca.

Para a presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Tocantins (Sindepol-TO), Sarah Lilian de Souza, é de extrema importância que as autoridades políticas estejam abertas ao diálogo com os servidores que atuam em prol da segurança da população “A Polícia Civil é uma instituição de grande importância para o Estado do Tocantins, cargos que envolvem alto risco e por isso a garantia de direitos são essenciais para que o policial desenvolva um trabalho com eficiência. O Governo se mostrou aberto ao diálogo e nós enquanto representantes dos policiais civis lutaremos pelos benefícios de toda a classe”, afirmou.

Os representantes da Polícia Civil reforçaram a importância da união da categoria na tomada de decisões sobre todas as decisões que envolvem o futuro dos servidores.

“A reunião com o Secretário da Casa Civil foi bastante proveitosa pois foi o momento em que todos os sindicatos da Polícia Civil, unidos, demostraram ao Governo suas pretensões em relação a reforma da previdência, buscando as melhores condições para os policiais representados. O secretário sinalizou que o Governo tem interesse no diálogo para resolver essa questão de forma responsável e legalmente viável sem prejudicar os servidores da segurança pública. Também garantiu a análise dos pontos apresentados e uma nova proposta apresentada a classe antes do envio para a Assembleia Legislativa. Estamos confiantes que poderemos ter uma sinalização positiva do Governo em vários sentidos”, completou o presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Tocantins (Sindiperito-TO), Silvio Marinho Jaca.

 Força e Honra!