Assembleia Geral do SINPOL-TO aprova por unanimidade Prestação de Contas de 2018 e Orçamento 2020

02/12/2019 02/12/2019 16:24 99 visualizações

O Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins (SINPOL-TO) realizou duas Assembleias Gerais Ordinárias na tarde desta sexta feira, 29. Nas pautas foram discutidas a Prestação de Contas do exercício de 2018, o Orçamento do exercício 2020 e a Disponibilização da área da subsede campestre da regional de Araguatins.

Os conselheiros fiscais Edmilson Saraiva e Marcos Fernandes, analisaram em três fases as contas da atual gestão do período de 01/01/18 a 31/12/18, tendo recomendado à  plenária pela aprovação na íntegra de todas as contas analisadas por eles. Importante destacar que as contas já deveriam ter sido analisadas desde o início de 2019, porém apesar de ter o SINPOL convocado a Assembleia, os Conselheiros à época não haviam realizado a devida análise, o que ocorreu apenas em período posterior por outros conselheiros convocados pelo presidente do sindicato. 

A verificação realizada pelos Conselheiros Edmilson e Marcos foi além de analisar nota por nota, e visitar estabelecimentos comerciais para confirmação de valores de mercado, eles ainda carimbaram cada uma das notas demonstrando que tal documentação foi efetivamente verificada. 

O presidente do SINPOL-TO, Ubiratan Rebello destacou e parabenizou o empenho dos Conselheiros: “os colegas vieram do interior, deixando suas casas e familiares para analisar e atestar a aplicação dos recursos do Sindicato, e confirmaram a responsabilidade e compromisso da gestão com o dinheiro dos seus filiados".

Na segunda Assembleia, o Presidente Ubiratan Rebello, apresentou o planejamento para as despesas, manutenções mobilizações e investimentos durante o ano de 2020 e a plenária aprovou também por unanimidade as propostas de aplicações.  

O valor total previsto de arrecadação ultrapassa R$ 2,2 milhões, destes, R$1,6 milhões serão aplicados nas despesas gerais do Sindicato e R$ 600 mil serão destinados para as construções das subsedes.

O projeto da subsede de Araguaína já está concluído e será apresentado na Confraternização daquela Regional, a subsede de Gurupi também reiniciou o processo de doação do terreno, e contará com parte destes recursos para início da obra, assim como a subsede campestre de Araguatins que teve aprovado a venda do lote adquirido em 2016 e teve seu valor consignado a novos investimentos na nova area daquela regional.

Policiais de vários pontos do estado participaram e colaboraram com os trabalhos. Conforme Rebello, todas as dúvidas dos filiados foram esclarecidas e as matérias aprovadas. "O nosso objetivo é buscar a valorização do Policial Civil e uma melhor aplicação dos recursos da entidade, fato é que nestes dois ultimos anos realizamos ações neste sentido: Escritório, Hotel de Transito e Área de Lazer provisórios na Subsede de Araguaina, Novas instalações do Hotel de Trânsito em Palmas, Espaço de Eventos, Auditório e Novo Escritório Administrativo e a Área de Lazer”, finalizou o presidente.