O SINPOL-TO PARABENIZA AS EQUIPES RESPONSÁVEIS PELAS PRISÕES DOS SUSPEITOS DE ASSASSINAR POLICIAL CIVIL

08/04/2022 09/04/2022 13:47 530 visualizações

O Sindicado dos Policiais Civis do Tocantins (SINPOL-TO), na figura de sua presidente Suzi Francisca, vem parabenizar as equipes da Polícia Civil, do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), a DRACCO PC/GO Formosa, 8° DEIC, 3° DHPP de Gurupi, do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público (Gaeco) e aos demais policiais envolvidos na prisão dos suspeitos de matar o policial Jean Carlos Teixeira da Fonseca, 41 anos, em Gurupi.

O crime ocorreu no dia 11 de março, em uma casa noturna da cidade, após uma discussão breve e banal. Dos seis suspeitos identificados, quatro deles foram autuados no dia seguinte. Após as investigações, o inquérito que apurava o caso foi enviado para o judiciário e os investigados foram denunciados pelo Ministério Público.

Nesta sexta-feira (08), foram cumpridos os mandados de busca e apreensão, sendo um deles no batalhão da Polícia Militar. Entre os suspeitos, está o Rafael Mendez Dutra. Ainda durante a ação, foram apreendidas armas de fogo, munições, estojos deflagrados, drogas e documentos. O material apreendido será periciado.

Os investigados foram denunciados por homicídio triplamente qualificado, porte irregular de arma de fogo, furto qualificado e associação criminosa. O grupo ainda seria responsáveis por extorsões e ameaças a pequenos produtores rurais e as atividades criminosas teriam ramificações em Formosa (GO) e Planaltina (DF), onde também foram realizados o cumprimento de mandados.

“É um alívio muito grande saber que os responsáveis por esse crime foram investigados e denunciados”, disse a presidente, Suzi Francisca. “Esperamos que seja feita justiça e que a perda do nosso colega não seja manchada pela impunidade”.